Concertinas

Desgarrada do Canário em Castelo da Maia 2017

Desgarrada do Canário em Castelo da Maia 2017 - Augusto Canário e as suas companheiras de palco em momentos de improviso e boa disposição na Festas de Santo Ovídio a Feira das Cebolas em Castêlo da Maia em 2017. Ao vivo 2007, Desgarrada, Vanessa e Martinha, Castelo da Maia, Augusto Canário e a sua banda , Espectáculo Popular, Musica popular, Espectáculos, Minho, O Embaixador da Alegria, Augusto Canário ao vivo, Musica Popular Portuguesa, desgarrada, desgarradas, desgarradas 2017

Desgarrada 2017 em Lausanne com Hélder Baptista e Claudia Pereira

Suiça, Desgarrada 2017 em Lusanne com Hélder Baptista e Cláudia Pereira, LAUSANNE FESTA DAS CONCERTINAS ESCOLA DU LE-MONT-SUR-LAUSANNE DE Gaspar Pontes Helder Baptista e suas divas na festa de concertinas, Suiça 2017, Desgarrada 2017 em Lausanne, Portugueses na Suiça, Festas, Concertinas, Suisse, festa de concertinas, Cantadores de desgarrada, Cantadores, Contactos

Desgarrada – João Fernandes de Barcelos e Cláudia Martins de Guimarães

E depois da refeição, com a barriga bem fofinha, lá saiu esta canção, do João e da vizinha ! Cláudia Martins dos Minhotos Marotos, com a sua concertina e um dom que bem se nota, improvisa com bela arte de tocar e de cantar e dizer umas verdades, venha quem vier.... Muito bem acompanhada pelo João Fernandes de Barcelos, numa desgarrada de circunstância...

Raízes do Minho Desgarrada ao vivo em Mata, Castelo Branco 2016

O seu primeiro álbum - “Sons da Tradição” - surge com a intenção da divulgação da música tradicional e popular portuguesa, perpetuando também alguns dos temas e momentos vivenciados ao longo do último ano da actividade artística do Grupo “Raízes do Minho”. (agora Farra Minhota)

Raízes do Minho ao vivo na Cumieira

Raízes de Minho ao vivo, Uma festa popular ao fim da tarde num pinhal.... Um palco invulgar, Uma tarde quente em Cumieira a poucos quilómetros de Pombal com um dos mais animados grupos de musica popular portuguesa do Minho, o Grupo Raízes de Minho ao vivo é outra loiça. Mais de duas horas de grandes sucessos da musica portuguesa, musicas tradicionais do Minho e muita diversão, ao som de instrumentos, uns mais outros menos, tradicionais e com uma equipa de músicos empenhados em animar todos os públicos. Raízes de Minho ao vivo é um espectaculo com ingredientes variados e animadores muitos eficazes. Vejam ainda este video de um excerto deste espetaculo.

Augusto Canário no São João de Sobrado

Augusto Canário e as “cantadeiras e bailarinas” Marta Azevedo e Vanessa Teixeira com uma equipa de músicos de qualidade e um publico fabuloso, “dá 3 gaitadas de uma só vez” aqui aquela canção que diz: “Ai que coisa fofinha, Ai toda a gente gosta do gato da vizinha”…seguido “levanta o pé meu amor” (este video só inclui excertos de 2 canções) O filme não está excelente mas mostra o Rei das Concertinas e desgarradas com uma energia de jovem que muito o caracteriza – Canário e Amigos

Canario no Minho nas festas do São Martinho

Uma festa de inverno, numa noite fria em Conde, região de Guimarães, uma festa de São Martinho, com o calor e a alegria do Augusto Canário acompanhado por uma equipa de topo de músicos e técnicos. Entre as 21 e as 22 o recinto foi-se compondo, enquanto isso a tenda dos jantares sempre cheia, a presença do integrantes do rancho da terra e dos escuteiro sempre muito interventivos, recordo que o Augusto Canario também tem esse orgulho de ter participado uma boa parte da sua vida neste movimento de jovens tão importante para a sociedade. Foi muita a população dali, das redondezas e até de bastante longe que soubemos estar presente. Para uma noite fria foi uma excelente plateia, que pouco tempo depois do inicio do espetáculo, já se tinha esquecido do frio, tal não é o impacto, a alegria e a energia deste espetáculo. Boa musica popular, um excelente som, o artista foi "atirando" com sucessos e novas canções do recente álbum "Grande Borga" ... fazendo-se valer da sua excelente capacidade de comunicar e interagir com o povo. Pois está claro, que não faltaram as desgarradas, com o Canarinho e o Miranda no meio do povo "brincando com as palavras coma s rimas como só eles. O rei do improviso surpreende sempre dos seus dotes de cantor, de actor, de musico, improvisador, um artista completo sem igual na musica portuguesa...

Desgarrada Pedro Ribeiro e Maria de Ponte de Lima

Desgarrada França é o que chamamos a este artigo publicado que quisemos destacar. Um encontro de cantadores ao desafio de gerações diferentes e de culturas diferentes. Pedro Ribeiro e a Maria de Ponte de Lima, confrontam-se com caricias e mimos, falando do pito da Maria e das gulas do Ribeiro. Uma festa à portuguesa em Versailles, na zona de Paris

Feiras Novas 2014 – Pi da Areosa e Tiago Maroto

O improviso é que aqui nos interessa neste artigo. Desgarrada de rua com Pi da Areosa e Tiago Maroto nas Feiras Novas 2014. Concertinas que cantam e passam de mão, musicas de desvarias e realidades do coração. "Picanços e despiques" que estão no sangue dos melhores cantadores ao desafio. Uma descrição sensata para mais algum confronto de ideias e de puro improviso com dois jovens com jeito para as desgarradas, Cantares ao desafio que estão no coração desta gente minhota, alegre e divertida.

Marinho da Barca – Homenagem ao rei dos cantadores

Grande homenagem ao Armando Marinho da Barca em jeito de desgarrada com vários amigos a cantar em Ponte Lima. Feiras Novas a romaria das romarias de Portugal. Marinho da Barca. Participantes nesta homenagem de amigos ao Marinho da Barca. Cachadinha, Henrique de Lindoso, Cláudia de Guimarães, Adilia, Soalheira, Irene Passos, Aguiar de Barcelos, Loureiro, Carminda de Arcos, entre outros

Canario e Fernando Rocha no Santoinho 2013

Canario e Fernando Rocha é uma junção muito forte. Pode falar-se em adição de valores, é a junção do mestre das anedotas com o mestre do improviso, uma dupla que é uma graça. Neste noite muitos outros amigos estiveram presentes, no Santoinho, como foi também o Mestre da Culinária, que é o Quim Barreiros.

Marinho da Barca e Delfim Desafio Ponte da Barca 2011

Marinho da Barca e Delfim. Grande homenagem deste nosso Portugal às duas vozes que animaram muito a sério, promovendo o nosso Minho durante muitos e bons anos. "Vocês deve-se lembrar, que na verdade, os primeiros cantadores que apareceram no norte de Portugal, foi o Marinho de garganta e o Delfim de ciência. E então corremos o mundo inteiro. E a Câmara de Ponte da Barca entendeu que devia fazer esta homenagem

(Pub)
(Pub)