Concerto de homenagem a Tom Jobim

  • 42
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    42
    Shares

Concerto de homenagem a Tom Jobim

Concerto realizado na praia de Copacabana, Rio de Janeiro, em homenagem a Tom Jobim, com participação de Gal Costa, Caetano Veloso, Paulinho da Viola, Chico Buarque, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Jamelão e da bateria da Mangueira em 31 de dezembro de 1995. Brasil (in)

 

Homenagem a António Carlos Jobim

Vídeo de um concerto realizado na praia de Copacabana, Rio de Janeiro, no Reveillon de 1995 para 1996, em homenagem a Tom Jobim, com Gal Costa, Caetano Veloso, Paulinho da Viola, Chico Buarque, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Jamelão e da bateria da Mangueira, 31 de dezembro de 1995. Grandes sucessos de Tom (in)




Rio presta homenagem a Tom Jobim no réveillon

DA SUCURSAL DO RIO

A Prefeitura do Rio espera para o réveillon, na noite de domingo, a concentração de 2 milhões de pessoas na orla de Copacabana, para assistirem à queima de fogos e ao show em homenagem a Tom Jobim, morto há um ano.
Sobem ao palco montado em frente ao hotel Copacabana Palace, para o show “Tributo a Tom Jobim”, os músicos Caetano Veloso, Chico Buarque, Gal Costa, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Paulinho da Viola.
O cenógrafo do evento, Abel Gomes disse que 30 toneladas de equipamentos garantirão a qualidade do som. Além do palco, serão espalhadas 11 torres de som ao longo da avenida Atlântica. Haverá um telão para a projeção do show.
Um equipamento de projeção de slides vai utilizar as laterais dos prédios da orla para exibir imagens do Rio e também do própiro Tom Jobim.
Dois telões junto ao palco também mostrarão imagens da festa. Um moderno equipamento de projeção de slides-BP6 Panny Gold-exibirá imagens do Rio e de Tom Jobim em laterais de prédios da orla.
O show está marcado para começar às 21h30, terminando antes de meia-noite. Segue-se então, a queima de 12 toneladas de fogos em vários pontos da orla-com destaque para a tradicional cascata de fogos do Hotel Meridien. Logo após, a festa será animada por 160 ritmistas da bateria da Mangueira.
O palco, com 35 m de altura e 95 m de comprimento, foi montado em cinco níveis, com cenários simulando paisagens do Rio, como o Pão de Açúcar, o Corcovado e alamedas do Jardim Botânico. “São as alamedas onde o Tom gostava de passear”, diz Gomes.
O acesso a Copacabana para veículos será interrompido das 21h às 24h de domingo. Os ônibus poderão circular livremente, mesmo nesse horário. A avenida Atlântica será fechada aos veículos das 6h de domingo às 20h de segunda, dia 1º.
O 6º distrito do Instituto Nacional de Meteorologia prevê que o tempo deve continuar nublado, com períodos claros durante o dia e possibilidades de pancadas de chuvas e trovoadas, principalmente no final de tarde de amanhã.
“Pode ser que chova um pouco ao entardecer, mas não na hora do réveillon”, disse a meteorologista Ana Maria Mattos.
Bola Preta
O bloco carnavalesco Cordão do Bola Preta deu anteontem o primeiro grito de Carnaval do Rio, desfilando pela avenida Rio Branco (centro). Um dos mais tradicionais blocos do Rio, com 78 anos completados ontem, o Bola Preta levou para a avenida uma animada banda, com 40 integrantes. Segundo os organizadores e a Polícia Militar, participaram do grito de Carnaval do Rio cerca de 350 foliões. (in)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

(Pub)
(Pub)
(Pub)

Categorias

(Pub)