Funchal Jazz Festival

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Funchal Jazz 2016

PALCO PRINCIPAL | Parque de Santa Catarina | 21:30

14 de julho
FRED HERSCH TRIO
ANTONIO SÁNCHEZ & MIGRATION

15 de julho
MARIA JOÃO & MÁRIO LAGINHA
RUDRESH MAHANTHAPPA “BIRD CALLS”

16 de julho
SEXTETO DE JAZZ DE LISBOA
GREGORY PORTER

JAM SESSIONS | SCAT Funchal Jazz Club | after hours
14, 15 e 16 de julho
RICARDO TOSCANO QUARTETO

Teatro Municipal Baltazar Dias / Café do Teatro | 18:30
11-15 de julho
Atuação de COMBOS + ORQUESTRA DE JAZZ do Curso de Jazz do CEPAM

SCAT Funchal Jazz Club | 22:00
09 de junho
Noite de apresentação do festival
WILSON CORREIA TRIO
MADEIRA JAZZ COLLECTIVE

Site oficial do Festival www.funchaljazzfestival.org

Funchal Jazz

A dupla Maria João & Mário Laginha representa um exemplo de invulgar cumplicidade e um ponto alto do jazz e da música cantada em Portugal. Falamos também de dois dos mais importantes embaixadores do jazz nacional, contando com várias centenas de concertos além fronteiras, pelos vários cantos do globo, para além de mais de uma dezena de discos gravados, ao longo das duas últimas décadas.

Maria João é dona de um instrumento vocal único e de um ouvido que lhe permite explorar qualquer território musical com uma surpreendente naturalidade e uma implacável segurança. Por estes motivos, a que vêm juntar-se a sua espontaneidade e sua tremenda capacidade de improvisação, Maria João
representa a inveja de todas as
cantoras, sendo Esperanza Spalding quem a considera, ao lado de Betty Carter, Sarah Vaughan ou Dinah Washington, como um dos seus principais modelos e inspirações.

Mário Laginha é, entre nós, um pianista que dispensa quaisquer apresentações. Atuando frequentemente a solo, Laginha conheceu enorme sucesso, dentro e fora de portas, com a famosa formação de 3 pianos (com Pedro Burmester e o muito saudoso Bernardo Sassetti), bem como através de uma longa parceria em duo com Sassetti. Paralelamente ao seu trabalho com Maria João, Mário Laginha lidera, há quase duas décadas, o seu próprio trio, do qual fazem parte dois dos mais ilustres músicos do jazz português – o contrabaixista Bernardo Moreira e o baterista Alexandre Frazão – e que, indiscutivelmente, constitui uma das formações de topo do jazz nacional. É exatamente com Bernardo Moreira e Alexandre Frazão, a quem se vem juntar o acordeonista João Frade, que a dupla de Maria João & Mário Laginha se apresentará no Funchal Jazz Festival 2016.

A Câmara Municipal do Funchal, com o intuito de apresentar eventos de qualidade internacional, que não só desenvolvam a cultura local mas também atraiam as rotas do turismo cultural, instituiu em 2000 o Funchal Jazz Festival. Este Festival tem lugar anualmente, na primeira semana de Julho.

Durante uma década os jardins da Quinta Magnólia acolheu-o e deu-lhe uma inquestionável boa reputação. Desde o pretérito ano na sua Xª. edição, este festival passou a ser acolhido no Parque de Santa Catarina, uma zona ímpar de lazer do Município do Funchal. Este novo local empresta ao certame uma majestosa áurea de espectacularidade, além de melhores e maiores condições de acolhimento a todos os rendidos à tradição deste festival, como a todos os novos fãs que acorrem ao belo e amplo espaço.
O Funchal Jazz tem vindo a apresentar artistas do maior gabarito internacional, e é complementado por acções diversas como workshops, jam sessions e pequenos eventos espalhados pela cidade.(in)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

(Pub)
(Pub)