Paulo Gonzo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Paulo Gonzo – Biografia

Os 30 anos de carreira de Paulo Gonzo fazem dele um ícone da música portuguesa, não apenas para toda uma geração que cresceu a ouvi-lo mas também para uma nova vaga de fãs e artistas que nele se inspiram e escutam com admiração.

Paulo Gonzo começou a tocar em bares e clubes locais em 1975, como membro fundador, cantor e compositor da Go Graal Blues Band. Foi o primeiro álbum, intitulado “Go Graal Blues Band” e o single “Outside” que Paulo Gonzo iniciou uma longa e bem sucedida carreira musical.

Este primeiro álbum tornou-se rapidamente Disco de Ouro. Em 1980 é editado “White Noise” que inclui o single “Touch Me Now”. Após outros álbuns e singles de sucesso como “Lonely” (single, 1981), “Black Mail” (álbum, 1983) e “Dirty Brown City” (1984), Paulo Gonzo decide finalmente lançar-se a solo com o single “So Do I”, tema que alcançou sucesso imediato, vendendo mais de 50.000 cópias.

O ano de 1986 foi um marco na carreira de Paulo Gonzo, que gravou o seu álbum de estreia “My Desire”. Este trabalho reúne materiais originais escritos por Charlie Midnight, Dan Hartman, Daniel Lavoie e Jimmy Scott, bem como uma espantosa interpretação de Otis Redding em “These Arms of Mine”.

Neste período foi lançado o single “Stay”, que vendeu 10.000 cópias e se manteve no top das músicas mais vendidas durante semanas a fio. No seguimento deste sucesso, Paulo Gonzo grava “My Girl/She Knocks Three Times” e, no final de 1989, é lançado “Can’t Be With you”.

Mas é em 1992 que lança o seu primeiro álbum em português, “Pedras da Calçada”. Das doze músicas que fazem o alinhamento deste registo, uma distinguiu-se em termos de popularidade através da sua melodia distinta e sensualidade: “Jardins Proibidos”. Este tema solidifica a carreira de Paulo Gonzo que se torna numa referência no panorama musical português.

O álbum que se seguiu foi “Fora D’Horas”. Lançado em 1995, este trabalho envolveu a participação de inúmeros artistas de renome, a nível nacional como internacional como, Pedro Abrunhosa, Rui Reininho, Pedro Malaquias e Frank Darcel (produtor de Etienne Daho), que produziu este registo. Dele ficaram para sempre as grandes canções como “Acordar”, “Tiro à Queima Roupa”, “Leve Beijo Triste” e “Noite das Sete Colinas”, incontornáveis referências da música popular portuguesa moderna.

No entanto, foi o álbum “Quase Tudo” (1997) que revelou ser o maior sucesso de Paulo Gonzo até à data, atingindo a sêxtupla platina e solidificando mais o nome e a carreira do músico em Portugal. A compilação reúne alguns dos seus melhores trabalhos até à data, incluindo uma versão de “Jardins Proibidos”, cantada em parceria com Olavo Bilac (Santos e Pecadores).

O projecto seguinte de Paulo Gonzo, “Suspeito” (1998), foi produzido por Frank Darcel e algumas letras dos seus temas são da autoria de Pedro Malaquias e Rui Reininho. Paulo Gonzo juntou-se a um leque de músicos extraordinários como, Bernardo Sassetti, Zé Pedro (Xutos e Pontapés), Gonçalo Pereira, Texino, Dalu, Nani Teixeira, Phillippe Decock e Flak (ex-Rádio Macau). Os casos de sucesso das músicas de Paulo Gonzo repetiram-se em “Pagava P’ra Ver”, “Ser Suspeito”, “Fogo Preso” e “Humano e Pouco Mais”.

Em 1999, lança “Live Unplugged”, um álbum ao vivo que retrata a sua carreira desde o seu primeiro single a solo, “So do I”, até “Ser Suspeito”. Deste álbum constam os êxitos “Jardins Proibidos” e “Dei-te Quase Tudo”, entre outras pérolas musicais.

2005 foi o ano em que comemorou 20 anos de carreira a solo, regressando com um novo álbum, homónimo. “Paulo Gonzo” e o conceito que o rodeia rebuscam de forma indelével o passado “bluesy” de Paulo Gonzo, trazendo à superfície as influências musicais que o têm acompanhado desde o início com a “Go Graal Blues Band”. O registo contou desta feita com a participação de Rui Veloso.

No ano de 2007, passa a integrar a prestigiada série ‘Perfil’, na qual já foram publicados alguns dos maiores nomes da música Pop actual, como por exemplo Adriana Calcanhotto ou Tom Jobim. “Perfil” de Paulo Gonzo é uma colecção com todos os temas que celebrizaram o músico, incluindo ainda uma canção inédita, ‘Diz-me Tu’, bem como nova versão do clássico ‘Leve Beijo Triste’, gravada em dueto com Lúcia Moniz.

Editado em 2010, “By Request” recupera alguns dos melhores temas do Songbook Americano. Grandes êxitos como “Midnight hour”, “Love Man” ou “These arms of mine”, fazem parte deste fabuloso registo cantado em inglês e gravado em Nova Iorque com a produção da dupla Cindy Blackman/Jack Daley.

Em Novembro de 2011, Paulo Gonzo lança o álbum de originais “Só Gestos”, que conta com a participação especial de Tito Paris, Pedro Jóia e Miguel Sousa Tavares, este último como letrista do tema “Vem”. Os dois singles “São Gestos” e “O (teu) brinquedo” conquistaram rapidamente um lugar de destaque nas playlists das principais rádios do país.

Em 2012, Paulo Gonzo celebrou 35 anos de carreira com dois concertos esgotados nos Coliseus do Porto e de Lisboa, onde contou com convidados muito especiais como Jorge Palma, Rui Reininho, Lúcia Moniz, Zé Pedro e Tito Paris.

A 25 de Março de 2013 será lançada a edição especial de “Só Gestos” de Paulo Gonzo, que incluirá o tema “Vencer Ao Amor” em dueto com a cantora-sensação espanhola India Martínez. Esta nova edição contará com com 2 faixas bónus, duas versões deste dueto tão especial, em português e castelhano.

Paulo Gonzo é uma referência obrigatória na música pop produzida em Portugal nas últimas duas décadas. Graças a uma voz de características únicas, canções marcantes e uma forte personalidade, Paulo Gonzo é um artista que consegue apelar tanto ao público feminino como ao masculino, abrangendo também diversos escalões etários.

O talento e o sucesso de Paulo Gonzo como cantor, compositor e intérprete fazem deste músico (que já vendeu mais 400.000 álbuns até à data), um dos mais conceituados artistas portugueses da actualidade e uma das grandes vozes dos nossos dias.

in Facebook Paulo Gonzo em Março 2015

Artista Paulo Gonzo Delta Tejo

Video Publicado a 21/09/2013

Paulo Gonzo

Jardins Proibidos (Live)

Music video by Paulo Gonzo performing Jardins Proibidos. (C) 2007 SONY BMG MUSIC ENTERTAINMENT Portugal

Festas de São Vicente 2012
Ilha da Madeira

video Publicado a 25/08/2012

Paulo Gonzo & India Martinez – Vencer ao amor (Gala TVI 20 Anos)

(Pub)

Blog

(Pub)