Rui Veloso ao vivo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rui Veloso – Wikipédia

Nascido em Lisboa, mas criado desde os três meses de idade no Porto, é filho do engenheiro Aureliano Capelo Veloso, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto. É igualmente sobrinho paterno do General Pires Veloso, ex-governador de São Tomé e Príncipe.

Cantor, compositor e guitarrista, começou a tocar harmónica aos seis anos. Mais tarde deixar-se-ia influenciar por B. B. King e Eric Clapton, e lançou, com vinte e três anos, o álbum que o projectou no panorama da música nacional, Ar de Rock. Dele fazia parte a faixa Chico Fininho, um dos maiores sucessos da obra de Rui Veloso e de Carlos Tê, seu letrista.

Entre os seus restantes sucessos fazem parte Porto Sentido, Não Há Estrelas No Céu, Sei de Uma Camponesa, A Paixão (Segundo Nicolau da Viola) e Porto Covo.

A 10 de Junho de 1992 foi feito Cavaleiro da Ordem do Infante D. Henrique pelo Presidente Mário Soares.3

Na década de 1990 integrou o Rio Grande, formado por Tim, João Gil, Jorge Palma e Vitorino, num estilo de música popular com influências alentejanas que alcançou uma considerável popularidade. Dessa experiência resultariam dois discos, um de originais em 1996, outro ao vivo, em 1998.

Em 2000 lançou a compilação O Melhor de Rui Veloso – 20 anos depois, seguindo-se um disco de tributo dedicado ao seu álbum de estreia: 20 anos depois – Ar de Rock.

Em 2003, a mesma formação dos Rio Grande, mas sem Vitorino, voltou a juntar-se no projecto Cabeças no Ar, dedicado a canções nostálgicas que remontam aos tempos da escola, entre elas O Primeiro Beijo.

Regressou aos discos de originais, em 2005, com A Espuma das Canções. Em 2 de Junho de 2006 actuou no Rock in Rio em Lisboa, precedendo os concertos de Carlos Santana e de Roger Waters. No mesmo ano comemorou vinte e cinco anos de carreira, ocasião brindada com três concertos, dois no Coliseu do Porto e um no Pavilhão Atlântico. Em 2008 colaborou com a banda Per7ume no tema Intervalo, que foi um record de vendas nacional. Em 2009 lançou o álbum Rui Veloso ao Vivo no Pavilhão Atlântico. No ano de 2010, o Rui Veloso, conhecido como “Pai do Rock Português” comemorou 30 anos de carreira com concertos no Coliseu de Lisboa e no Coliseu do Porto, esgotando ambos.

Como empresário abriu o seu próprio estúdio, o Estúdio de Vale de Lobos, situado em Vale de Lobos, perto de Belas, e fundou também a editora Maria Records, que acabou por fechar.

Em concerto no Rock in Rio 2006

Rui Veloso foi elevado a Comendador da Ordem do Infante D. Henrique a 30 de Janeiro de 2006 pelo Presidente Jorge Sampaio

Em Agosto de 2014, o cantor anunciou que iria suspender a sua carreira, por considerar “difícil (…) aceitar a realidade do país”.

In Wikipedia

Rui Veloso – Concerto Acustico 2003

Rui Veloso ao vivo

Depois do sucesso do concerto Rui Veloso Trio no Centro Cultural Olga Cadaval a fechar o ano de 2013, 2014 começa com concertos públicos e privados, em formato trio, com os músicos Alexandre Manaia e Berg. Estes concertos acontecem até Abril, tendo como ponto alto as produções nos Coliseus do Porto e Lisboa. Ambas as Salas esgotaram.
Viaja com a banda para concerto em Angola, em Talatona. Ainda no mês de Abril regressa a Macau, quase 10 anos depois, onde apresenta o trio no Grande Auditório do Centro Cultural de Macau. O concerto tem lotação esgotada.
É novamente convidado para actuar no Festival Rock in Rio Lisboa. A 29 de Maio sobe ao Palco Mundo com os seus dois convidados, o brasileiro Lenine e a artista Angélique Kidjo.
Em Julho apresenta-se num concerto inédito com a Orquestra Big Band of Friends, em Águeda, trazendo para o alinhamento temas que não tocava há mais de 20 anos.
Faz mais 4 concertos com a sua banda e anuncia uma pequena pausa nos concertos até ao final do ano.

In Site Oficial

Rui Veloso ao vivo

Rui Veloso ao vivo No Pavilhão Atlântico 2009

Rui Veloso – Lenine – Angélique Kidjo (Rock in Rio 2014) Transmissão Sic Radical

Rui Veloso EMOCIONA-SE (Coliseu 8 nov-2010)

“…e é sempre a primeira vez, em cada regresso a casa…”
Pois é…de facto, Rui regressou mais uma vez ao Porto.
SIMPLESMENTE FANTÁSTICO…PARABÉNS RUI.

 

O mesmo momento de outro angulo – Video 2 – com uma desafinação, provavelmente da operadora de camara amadora

Rui Veloso - Paixão (com Orquestra)

Uma vista impressionante do palco! Obrigado a todos os que cantaram connosco ontem no Rock in Rio!
Fotografia Carlos Mateus de Lima

Como prometido deixo-vos uma pequena galeria de fotos do concerto no Coliseu do Porto, no passado mês de Março.
Gosto de fotografias a preto e branco….Bom fim-de-semana!
Fotografias de Ricardo Salazar.

(Pub)

Blog

(Pub)