Diabo na Cruz

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Diabo na cruz ao vivo

Roque Popular sabe ao que vem: ligar o campo a uma tomada de 220V e proclamar um mundo novo para a música popular portuguesa.” Time Out

“Roque Popular é uma grande festa, um baile sem vergonha que rouba o que lhe apetece, distorce o que quer e não descansa enquanto quem ouve não cair para o lado de cansaço.” Ípsilon

“Estamos na presença de música urbana feita com os pés bem assentes na nossa terra e com potência suficiente para abrir fendas profundas no solo mais resistente.” Bodyspace

“Virou! já era vibrantemente folclórico e urbano, Roque Popular escava essa relação um pouco mais fundo.” Expresso

“Diabo na Cruz ainda é um lugar de criatividade fervilhante. Vingam letras ricas e uma tendência irresistível para melodias que cumprem a função para a qual foram designadas: morar no ouvido até à próxima temporada” Blitz

“O ritmo da música popular portuguesa tem algo que casa muito bem com o rock. Os Diabo na Cruz conseguiram percebê-lo, primeiro, e, depois, executá-lo com sabedoria e muita festa” Metro

“Roque Popular é a declaração de intenções assumida de uma banda que continua a ser líder de um pelotão de rock regionalizado. É nessa convergência geográfica entre o rock e as tradições que continuam imbatíveis.” Diário Digital

“Este roque dá vontade de dançar e isso, já se sabe, é bem bom.” i

“É um álbum do presente. Sobre nós e para nós. Não há palavras ditas ou cantadas ao acaso. É (mais) uma forma de mostrar que há quem não se conforme e que está a usar as armas à sua disposição para se fazer ouvir. É um belo álbum, é o que é.” Rua de Baixo

“A portugalidade cantada volta a ser, em Roque Popular, o mais cativante em relação aos Diabo na Cruz. O Portugal rural, o Portugal pimba, o Portugal das feiras, o Portugal envelhecido e triste mas com uma força de espírito deste tamanho. O fado português devia ser este.” Edição Limitada

“Os Diabo na Cruz são, possivelmente, o melhor projecto que surgiu na Música Portuguesa desde os Ornatos Violeta. O supergrupo de Jorge Cruz está a criar uma obra que figurará no futuro como uma das mais interessantes de sempre na Música Portuguesa!” Work-song

“Roque Popular é um grande disco. São 10 canções, e quase todas têm potencial para ser singles, para rodar até nas rádios mais quadradonas.” Altamont

“Bomba-Canção e quase todo o material dos geniais Diabo na Cruz é como fogo de artificio artesanal: é tão interessante como dizia na embalagem mas torna-se fantástico quando nos escapa ao controlo.” Anita Vai ao Mel

“Desde cantautores mais antigos e estabelecidos como Sérgio Godinho, Fausto ou Vitorino que um grupo musical não trazia tão bem a música tradicional para o burburinho da cidade e para o seu caos de música moderna em constante evolução. Essa ponte foi finalmente reconstruída, fortificada ou acabada pela banda de Jorge Cruz.” BandCom

“Diabo na Cruz é rock. É pop. É português e popular e soa a popularucho. Mas é bom. Os Ramones da aldeia são os heróis da noite” Eu e o Meu Ego

“Ao contrário de quase todos os músicos do seu (nosso) tempo, os Diabo na Cruz acordaram do sonho Ocidental no pesadelo do tal Portugal real que os políticos evitam, temem ou fazem por ignorar. E por isto se rebelam, fazendo-o como quem não pode deixar de amar desesperadamente – a cultura, o país. Se continuarem por estes trilhos, arriscam-se a ser, não apenas uma grande banda roque, mas também dos mais lúcidos olhares sobre o Portugal que sempre nos teima em fugir, mesmo nunca saindo do mesmo lugar.” Copyfónico

(in Facebook Oficial Diabo na Cruz )

DIABO NA CRUZ “Vida de Estrada” – Nuno Markl – 5 Para a Meia Noite

Diabo na Cruz ao Vivo Antena 3 – D. Fuas Roupinho – (Showcase) – MYWAY

Diabo na Cruz ao Vivo Antena 3 – Loucos estão Certos – (Showcase) – MYWAY

Diabo na Cruz ao Vivo Antena 3 – Gala do Amor Segredo (Showcase)

Diabo na Cruz | FNAC Chiado 10.11.2014

Diabo na cruz Tão Lindo

Que se lixe a troika – Cultura é resistência. Interpretação da música “Tão Lindo” por Diabo na Cruz. Lisboa 13 de Outubro de 2012.

Diabo na Cruz

Diabo na Cruz são Bernardo Barata, João Pinheiro,João Gil, Manuel Pinheiro, Sérgio Pires e Jorge Cruz.

www.diabonacruz.com
josemorais@produtoresassociados.com,
+351 914764548

(Pub)

Blog

(Pub)