Canario no Minho nas festas do São Martinho

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Canario no Minho nas festas de São Martinho

Uma festa de inverno, numa noite fria em Conde, região de Guimarães, uma festa de São Martinho, com o calor e a alegria do Augusto Canário acompanhado por uma equipa de topo de músicos e técnicos. Entre as 21 e as 22 o recinto foi-se compondo, enquanto isso a tenda dos jantares sempre cheia, a presença do integrantes do rancho da terra e dos escuteiro sempre muito interventivos, recordo que o Augusto Canario também tem esse orgulho de ter participado uma boa parte da sua vida neste movimento de jovens tão importante para a sociedade. Foi muita a população dali, das redondezas e até de bastante longe que soubemos estar presente. Para uma noite fria foi uma excelente plateia, que pouco tempo depois do inicio do espetáculo, já se tinha esquecido do frio, tal não é o impacto, a alegria e a energia deste espetáculo.
Boa musica popular, um excelente som, o artista foi “atirando” com sucessos e novas canções do recente álbum “Grande Borga” … fazendo-se valer da sua excelente capacidade de  comunicar e interagir com o povo. Pois está claro, que não faltaram as desgarradas, com o Canarinho e o Miranda no meio do povo “brincando com as palavras coma s rimas como só eles. O rei do improviso surpreende sempre dos seus dotes de cantor, de actor, de musico, improvisador, um artista completo sem igual na musica portuguesa.

Mais uma festa onde os visitantes foram para casa com a “barriga cheia de brincadeira” com respeito por todos e melodias contagiantes, com uma sonoridade bem prenunciada à concertina e momentos surpreendentes.

(texto: Fernando Graça)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

(Pub)
(Pub)